28.11.06

Cópias ou homenagens

Tudo indica que o sampling não foi inventado no século XX.

Recente artigo da Slate explica como o Google Book Search é capaz de desmascarar autores consagrados, mostrando que frases suas foram escritas anteriormente por outros.

Melhor é o ponto de vista apresentado por João Pereira Coutinho na sua coluna de ontem, em que afirma que vários desses casos não são plágio, mas sim roubo, pois
"Plagiar é um ato de preguiça. Roubar é um ato de amor: uma forma genuína de tirarmos a outro o que desejamos intensamente como nosso."
Tal qual o sampling.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esse post:

<< Home