14.11.07

Homem-bomba no Halo 3

Clive Thompson conta na Wired sua experiência deveras curiosa no Halo 3. Ele diz que, cansado de ser trucidado no jogo por moleques que têm todo o tempo do mundo para treinar e ficarem realmente bons (enquanto ele é um adulto com todas as obrigações de um adulto e que, portanto, não tem tanto tempo para gastar se aperfeiçoando), decidiu adotar uma estratégia não muito bem vista no mundo real: se matar com o objetivo de matar o inimigo, ou guerra assimétrica.

A partir daí ele faz a distinção entre "os que têm" e "os que não têm", e passa a entender um pouco melhor o que leva alguém a dar a própria vida para tirar a de outro.

Instrutivo.

Marcadores: ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esse post:

<< Home