2.1.06

Correndo atrás do prejuízo

Ainda não tive tempo de organizar a minha supermegalista de melhores de 2005 -- e nem sei se vou, honestamente --, mas a revista Time e o site Pitchfork já fizeram as deles.

Da Time, o que interessa aqui são os quadrinhos. O top 10 do crítico de HQs deles não tem lá grandes surpresas, mas creio que valham como boas sugestões 1) o encadernadão de Black Hole, de Charles Burns, 2) Epileptic, de David B., e 9) Night Fisher, do novo queridinho R. Kikuo Johnson -- que ainda não tive chance de ler mais do que umas cinco páginas escaneadas no site da Amazon.

Bom, e quem conhece o Pitchfork, sabe que a praia dos caras é música. Boa música. E no top 50 deles, quem encabeça a lista é o esquisitão Sufjan Stevens, com Illinoise. Vai atrás que vale. A Peligro vende. A web tem de graça. Sua consciência decide. Passaram também pela peneira rigorosa (alguns dizem chata) dos caras Antony & the Johnsons, Animal Collective, M.I.A. e... (por favor, alguém me explica o gosto desses americanos) Kanye West!

Mas vai lá: quem não garimpa, não petisca.

2 Comentários:

Blogger Amauri "Gonzo" Stamboroski Jr. disse...

Pô Diego, o disco do Kayne West tá massa pra caralho, tipo um "Speakerboxxx/ The Love Below" versão 2005 (em termos de qualidade X projeção pop, não de semelhança sonora).

1:51 PM  
Blogger diego disse...

Pois é, velho, também não me desceu muito a onda Outkast... tenho um pouco de alergia pop, acho. Enquanto todos os olhos e ouvidos, inclusive do Pitchfork, estão voltado para o Kanye West e cia., cadê o Buck 65? cadê o MF Doom? cadê o 13 and God?? Sinceramente, pra mim, esses são exemplos muito melhores do hip hop circa 2005...

3:04 PM  

Postar um comentário

Links para esse post:

<< Home