12.6.06

Imbecilidade coletiva?

Jaron Lanier acaba de comprar uma briga daquelas graças a um artigo publicado na revista eletrônica Edge no qual usa a Wikipedia para criticar a chamada inteligência coletiva da internet.

Mais do que o seu próprio wiki (que insiste em lembrar sua ligação como diretor de um filme que ele renega), o que Lanier critica é que a Wikipedia "tenha sido elevada em importância tão rapidamente" e que isso seria resultado de "um novo coletivismo online", que, por sua vez, estaria recuperando (acriticamente) outros coletivismos "malignos" do passado, tipo nazismo, fascimo, maoísmo etc.

O problema de dar tanta importância ao conhecimento coletivo, insiste ele, é que com isso estamos deixando de assumir responsabilidade (autoria) por nossas (?) idéias e que daí para estarmos concordando -- e dando importância -- com situações absurdas seria um pulinho. Venho pensando um pouco nisso também e, ao olhar a lista de vídeos mais assistidos no You Tube ou, como lembra bem ele, os cantores eleitos no American Idol, confesso que começo a perder as esperanças nessa tal de "sabedoria da multidão".

Ainda assim, não consigo concordar com a saída oferecida por ele que seria a de voltar a se submeter a algum grau de autoridade, ou meritocracia, que teria resultado em experiências mais "equilibradas" (aspas minhas) de filtragem de informações, tipo os grandes jornais americanos, a comunidade científica e, em último grau, as instituições. (Aquele papinho reacionário de que blogueiro não é escritor, e quem tem gente que é "bem" paga para fazer isso "bem" blablabla blabla...).

Na minha modesta opinião, a tal inteligência coletiva carece de ajustes, sim. Mas não do tipo chame o suporte técnico porque ele sabe muito mais do que você e irá resolver o seu problema da maneira mais clara e objetiva possível. É preciso, antes, aceitar e reconhecer a existência (e as ambigüidades) da produção colaborativa de conhecimento para, depois, questionar a direção que ela está tomando (e porque ela tomou este ou aquele caminhos).

Bom, a discussão é boa, o artigo é obrigatório, e o nível das respostas (com gente do naipe de Douglas Rushkoff, Cory Doctorow e o próprio "pai" da Wikipedia, Jimmy Wales) é altíssimo. E você, o que acha?

1 Comentários:

Blogger mdediana disse...

Me roubou o post...

6:25 PM  

Postar um comentário

Links para esse post:

<< Home