30.12.08

Política e Internet

Depois de Barack Obama, agora é Israel usando a rede para se posicionar. É possível acompanhar os comentários dos últimos eventos feitos pelo Consulado de Israel nos EUA via Twitter e ver os vídeos dos ataques aéreos pelo YouTube.

Major Avital Leibovich, responsável pelo braço de mídia da Força de Defesa Israelense, declarou que "a blogosfera e as novas mídias são outra frente de batalha, nós temos que ser relevantes lá".

Marcadores: , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esse post:

<< Home