30.3.07

Excesso de transparência

Parece que não adianta tentar ter boa vontade e achar que as coisas mudam. De uns tempos pra cá eu realmente acreditava que a Microsoft vinha se esforçando pra mudar sua postura (e imagem, claro) para algo mais aberto, colaborativo, blablabla. Mas pelo visto eles se esforçaram além da conta.

Fred Vogelstein, da Wired, fez uma reportagem sobre o Channel 9, iniciativa de publicação de videoblogs de funcionários da Microsoft que faz parte de uma política da empresa que visa torná-la mais transparente. O problema é que numa troca de e-mails com o pessoal de RP da empresa o jornalista acabou recebendo um dossiê de 13 páginas sobre ele, dirigido aos executivos com quem conversou, com instruções sobre como agir e o que falar nas entrevistas. A falha foi tão absurda que ele chegou a achar que a Microsoft estava levando a idéia de abertura tão a sério que tinha feito isso de propósito.

E pra fechar a história com chave de ouro o dossiê, publicado pela Wired, entrega que o jornalista aceitou mostrar a matéria para a Microsoft antes de sua publicação, o que é bem esquisito, o que quase dá a entender que qualquer tipo de ação imoral / anti-ética / picareta é automaticamente relevada pelo simples fato de ser confessada ao invés de descoberta.

Via Blog do Sayeg.

Marcadores: , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esse post:

<< Home