30.3.07

Tolerância a falhas

De vez em quando é de espantar que a web funcione (e bem): Ian Hickson, que trabalha para o Google e é editor da nova especificação HTML (X/HTML 5) conta em entrevista que numa pesquisa feita com uma amostra de bilhões de páginas descobriu-se que 78% delas estavam em desacordo com os padrões, considerando apenas os erros mais comuns. Ao olhar para uma gama maior de desvios da especificação, chegou-se a 93% do total de páginas. Ou seja, se os browsers recusassem todos os documentos mal formados, não seria possível acessar nem 10% da web.

Olhando a situação por um ponto de vista otimista, é legal ver o trabalho feito pelos desenvolvedores de browsers, que conseguem driblar todos esses deslizes cometidos pelos autores (e ferramentas) de HTML.

Marcadores: ,

2 Comentários:

Blogger diego disse...

tira a crase do a falhas, depois pode me mandar à merda com crase e tudo...

2:55 AM  
Blogger mdediana disse...

Corrigido. Pelo menos tem alguém nesse blog com um português bom de verdade.

3:38 PM  

Postar um comentário

Links para esse post:

<< Home